domingo, 6 de dezembro de 2009

Salto

domingo, 6 de dezembro de 2009

Às vezes sinto saudade de você, embora saiba que não deveria. Noutras um misto de raiva, mágoa, impotência, frustração...

Mas, vez por outra me surpreendo sonhando sabe... Sonhando com algo que não tivemos, não vivemos, não sentimos, e provavelmente, nunca teremos.

Ainda assim continuo sonhando, querendo, enganando a mim mesmo; numa tentativa desesperada de satisfazer ainda que em sonho, o desejo de ter vc em meus braços.

3 comentários:

Priscila Rôde

Complicado isso...
muito!

Um beijo, fique bem!

Ana Elisabeth

E porque não?????????????

Viva .

Ai meu amigo, estais apaixonado, é?

O amor é nossa doce enganação. Nosso sonho mais intenso e ao mesmo tempo nossa frustração mais dolorosa. E ter quem se ama nos braços, mesmo na enganação dos sonhos, é algo tão sublime que vale a pena encher nosso coração disso.

Te desejo que os teus braços envolvam quem esse seu algo não vivido e que o amor, qualquer amor que tenhas, preenha teu coração com o melhor.

Sem tempo. Tô junto!

Tamanho Beijo.

Vi.

PS: Em Janeiro eu vou precisar de tua consultoria de busão para Hellcife. Tu me ajuda, né?

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates