domingo, 17 de outubro de 2010

In blum...

domingo, 17 de outubro de 2010

Muitas pessoas preferem  esconder seus erros e brincar de viver; e o que é pior, escolhem brincar com que há de mais sagrado: O amor, o respeito, e a confiança que lhe devotam; elas brincam com as emoções alheias, desconsideram as pessoas,  estabelecem vínculos, juram fidelidade, "exigem" o respeito e a dedicação de todos, mas  em  oculto,  zombam silenciosamente das pessoas que lhes creditam esses sentimentos. 

 Ademais,  quando bem entendem  e lhes apraz   elas mudam o rumo, a trilha, a rota... Elas se vão, viram as costas sem sequer  pedir desculpas, o dizer um muito obrigado,  ou mesmo um Adeus... Desconsideram e ignoram as emoções dos que lhe cercam, relevam o carinho, a amizade  e o respeito que lhe dedicaram; e não satisfeitas,  ainda  apregoam do alto da sua soberba que seu desrespeitoso silêncio  denota superioridade... 

Não sou, e nunca serei superior a ninguém. E, embora saiba que na escala de valores e  ambições dessas pessoas eu não valha muito, ou  sequer  seja  merecedor do seu respeito e consideração; ao menos uma coisa lhes garanto: Não me faltam coragem pra botar a cara pra  bater, e tampouco sinceridade e argumentos pra defender o que penso.Tenho pena dessas pessoas e da forma como são conduzidas e manipuladas pela futilidade de que lhes cerca. 

Sou falho, humano, imperfeito, mas digno...

Caráter , humildade, e respeito às pessoas,  nunca me faltarão. E disso me orgulho, admitam elas ou não.

2 comentários:

Viva.

Você é digno. E isso é tão raro nos dias de hoje, sabia?

Por isso e muito mais que te gosto e te admiro

Camila

Só podemos cuidar de nós mesmos. Só somos capazes de interferir nas nossas próprias qualidades e defeitos (e olhe lá). Aos demais nos cabe observar, aceitar e/ou se afastar, o que nos for mais coveniente ou necessário ou possível.

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates