quinta-feira, 13 de maio de 2010

Quase tudo, e ainda um pouquinho do nada...

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Tenho o hábito de me adequar à pessoas, situações, práticas cotidianas; me apegar à rotina...E essa prática e modo de ser/viver evidenciam um lado espirituosos, frágil e por que não dizer meio preguiçoso e comodista de ser, mas...Fazer o quê ?? Vivo assim e isso de certa maneira acaba me fazendo bem, pelo menos acho...

O fato é que nos últimos tempos tenho perdido pessoas, negligenciado outras, me afastado de uma rotina saudável que tinha tinha; e hoje, olhando pra trás e pra um tempo não muito distante, percebo o quanto perdi, e o quanto mudei radicalmente. Pior, não pra um lugar melhor...

Perder-se, isolar-se, afastar-se do que é bom e do que faz bem, definitivamente nunca foi o objetivo; como disse, curto a rotina e a manutenção de práticas repetitivas, desde que me façam bem, por isso perder alguém ou alguma coisa me traz um sentimento de tristeza e de impotencia indescritiveis.

É fato, me moldo, me apego, quero sempre mais e pra sempre quando a coisa é boa; por isso vê-la se esvair ou buscar um outro espaço, rumo , caminho, principalmente numa rota que não passe por mim, me perturba bastante... Mas, sei que preciso compreender e tb aprender a aceitar que as pessoas têm suas próprias regras, limitações, desejos, ambições.

Parece óbvio, mas aceitar e principalmente entender isso tem sido algo bem complicado pra mim, ajuda? sim, preciso.

1 comentários:

Viva.

Apegar-se a uma rotina que nos é confortável é uma coisa, acomodar-se diante dela é outra.
E acima de tudo, nunca negligenciar o que tu consideras importante, pois pode ser que um dia, quando olhares mais atentamente para ao seu lado, as pessoas que estiveram contigo naquele momento passam a não estar mais, MAS se estas pessoas te amarem, se forem laços bem construídos, elas estarão sempre por perto, mesmo que não percebas, já que elas não precisam te compreender para estarem ali.

É simples! Mantenha o que te faz bem, busca sempre o que te faz feliz, mesmo que algumas rotas precisem de alterações. E se precisas de alguma ajuda?! Há sempre aqueles que estão por perto, físicamente ou não, que estão prontos para caminhar ao teu lado, tanto para mostrar o caminho quanto para te ouvir.

:)

É isso! Sempre por perto.

Kiss!

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates