sábado, 26 de dezembro de 2009

Nem lá, nem cá.

sábado, 26 de dezembro de 2009
Existem mulheres chatas, pegajosas, autoritárias, sufocantes, desagradáveis, que se perdem por si próprias, e tornam a convivencia com alguém racional, indesejável e impraticável; essas casam logo, e a maioria de nós, homens, se agara com elas!!!! Mais cedo ou mais tarde a gente se envolve, com essa raça, namora, noiva, casa, constituí familia, divide o plano de saúde, a casa, o carro, e vive entendiado por todo o sempre, assistindo futebol, vendo a barriga crescer, e de olho na empregada da vizinha.

Mas, no meio desse universo medonho que é o feminino, existem mulheres que apenas nos observam, são interessantes, inteligentes, mas não se esforçam pra aparecer, sua presença lhes basta, elas se fazem notar naturalmente, e se impõem mais pela ausencia do que pela presença contínua e incoveniente, essas sim, são perigosas, apaixonantes, e embora leve um pouco mais de tempo, essas feras acabam encontrando alguém legal, e fazem esse alguém muito feliz...

Paciência é o meu nome.

3 comentários:

Ana Elisabeth

Por isso ja estou convicta: Vou ficar pra titia!!!kkkkkkk...Alguém entediado junto ninguém merece..Que venham os sobrinhos, pelo menos uma ocupação de vez em quando será bom!!kkkkkkkkkkk

Priscila Rôde

Universo medonho! hahahahaha
Paciência é o seu nome e o nome delas. Vale muito a pena esperar.

Um beijo e boas festas!

Ps::. Não estive aqui pra lhe desejar um lindo Natal, mas espero que ele tenha sido além de lindo, muito verdadeiro!

Viva.

E teve um depoimento que guardei só pra mim.

=)

Isto basta!

Beijo.

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates