quarta-feira, 5 de agosto de 2009

quarta-feira, 5 de agosto de 2009
Sonhei

E no meu Sonho, numa bela manhã de domingo, todos acordavam e encontravam ao invés de chinelos, um par de all star à beira da cama; elas os calçavam e saíam pelo mundo... Esbanjando charme, distribuindo antipatia.

No meu sonho, todos usavam jeans e camiseta, mas assim com eu; também gostavam de botar os pés no chão, detestavam formalidades, poses, caras, bocas; adoravam andar na praia no fim da tarde; amavam conversar besteira, falar de política, rádio, música, arquitetura; gostavam de crepe, sushi, massas, adoravam domir!!!

Nesse mundo quase perfeito, a vigilância sanitária recolhia os discos de pagode, axé, forró.... Todos eram incinerados no lixão da Muribeca! Os "seus intérpretes"??? Ah, esses viviam no exílio... Tinham sido expulsos do país. Eles vagavam sem rumo, sem água, sem dignidade; claro, pelas montanhas de Kandahar, lá no Afeganistão!!! e com suas tiaras na cabeça, roupinhas coloridas, e coreografias nojentas, eles eram impiedosamente torturados e perseguidos pelos Talibãs.

Minha antipatia no sonho, tornava-se contagiante... E todas as pessoas que me cercavam, amigas ou não; incorporavam meu mau humor, e sentiam-se felizes porque agora tinha amigos!!!!! Se reconheciam na chatice alheia... reconheciam na ausência de sorrisos facéis, de palavras fúteis, de discussões improdutivas, gente como elas... Pessoas que de tão chatas, se compreendiam, se aceitavam, pois sabiam que embora "diferentes", elas eram normais...

Um lindo sonho... E nele as pessoas mesmo acompanhadas, às vezes adoravam ficar quietas, em silêncio... E sabe porque? Pq sabiam que eram respeitadas e admiradas por isso! Sabiam que quem as acompanhava, entendia que esse silêncio nada mais era que uma grande e sincera demonstração de segurança, conforto, amor...

No sonho eu continuava chato, acho que até mais do que hoje, mas quem me admirava e me achava esquisito, ou até tinha receio de se aproximar, puxar conversa... Dava o primeiro passo; não se contentava em apenas me cumprimentar, trocava email, conversava, me add no messenger e puxava assunto!!!!!! E com isso, embora nem suspeitassem, me faziam muito feliz.

As pessoas que me traíram, essas finalmente me ignoravam; e definitavamente me esqueciam!!!! Elas desistiam de à todo momento me criticar, rotular, elas simplesmente não mais me enxergavam... Compreendiam que nunca foram realmente próximas, muito menos minhas amigas; que foram dissimuladas, e que eu nada poderia oferecê-las, a não ser o meu desejo de felicidades e alegrias, longe da minha " incoveniente e egoísta" presença.

Mas a melhor parte vem agora: No meu sonho quase perfeito, todos eram muito chatos publicamente, mas se sabiam legais em reservado; amavam um bom vinho, curtiam MPB, cinema, cozinhar, amar, serem felizes!!!!!! Gostavam de viajar e de rir de si mesmas; e todos achavam que elas eram tristes e solitárias!!! Porque obviamente , levavam tudo isso consigo e sem contar a ninguém... A não ser, a quem ousasse aproximar-se.

1 comentários:

Tele.Visão

Adorei o seu sonho QUASE perfeito... E eu adoraria viver em um mundo onde todos "amassem um bom vinho, curtissem MPB, cinema, cozinhar, amar, serem felizes!!!!!!", pois ás vezes é tão ruim ser única e não ter companhia.Bem que eu queria, ao menos, em sonho, viver algo assim.

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates