sábado, 14 de fevereiro de 2009

Der telefone arunf

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Nos último dias estive afastado das atividades por conta de uma cirurgia nos olhos, e claro, além das manifestações de carinho de alguns amigos, poucos é fato; recebi via telefone e internet cobranças das mais diversas. Desde gente reclamando meu silêncio, falta de retorno das ligações, e ausência física mesmo, até demonstrações indignadas de insatisfação e repúdio ao meu "sumisso" Rsrsrs...

É impressionante como a sociedade moderna impôs ao nosso cotidiano, a necessidade de estar sempre conectado, on line, com a bateria carregada...Já encaramos como inadmissível a possibilidade de simplesmente "se desligar", seja por opção ou necessidade, como foi o meu caso.

Interessante, é que sempre argumentamos após feitos os devidos esclarecimentos, e constatado que o "sumisso" do miserável insensível foi motivado por uma justa causa; que o motivo de nossa preocupação e indignação pelo seu desaparecimento, surgiu exatamente do medo de que algo pior pudesse ter acontecido!!!!!!!!! Entretanto, nós mesmos no primeiro momento, nos encarregamos de quase amaldiçoar o sumido...Louco né????

Não desejo uma cirurgia a ninguém, e também não desejo me sentir manipulado ou monitorado 24 horas por algum sistema eletrônico, humano-bizarro...Enfim, por qualquer coisa ou pessoa que me imponha a obrigação de estar "carregado" e não admita o fato de que eu tenha o direito de estar "off line" Bons tempos aqueles, em que pra encontrar alguém a gente tinha que usar o telefone fixo(caso a vítima o tivesse), ou simplesmente tinha q ir até sua casa, se geograficamente fosse viável e o assunto a ser tratado fosse imprescindível.

Naquele tempo, as pessoas pensavam muuuuuuito antes de importunar alguém, de ligar ou mesmo procurá-la; até porque, isso demandaria um trabalho imenso e a comodidadde de não ir e não ligar, acabava se impondo ao desejo de simplesmente invadir a privacidade alheia...Nessa época o telefone não tocava a noite e ninguém nos acordava cedinho pra perguntar alguma banalidade, também podíamos sair durante o dia inteiro e só voltar a noite, sem que ninguém cogitasse um sequestro; mas o melhor de tudo: Naquela época a gente podia ficar doente!!!!! E sem despertar suspeitas, ou suscitar acusações...Sem ser tachado de indiferente, insensível, alheio, ingrato...etc etc . legal né????!!!!!!

Bons tempos aqueles em que a gente não precisava estar "ligado"...

1 comentários:

Viva Alves

Bem... tenho muita coisa a dizer mas sei que n devo falar agora!! Comentários preciptados geram entendimentos distorcidos...

Só to passando pra te dar ciencia de que li o que vc escreveu e em parte concordo... E acho que isso é consequencia do alto grau de exposição que vc tem.... Melhor ficar quieta....

Beijo

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates